CONHECENDO O AZEITE DE OLIVA

Azeites com acidez acima de 2% não são adequados para o consumo, já que são submetidos a um processo de refino, que envolve processos químicos. A esse azeite refinado pode ser adicionada uma pequena quantidade de extra virgem para repor o aroma e sabor que são retirados no processo de refino. Esse processo dá origem ao produto denominado comercialmente como “azeite de oliva” ou “azeite tradicional”. Existe ainda uma categoria intermediária, denominada “virgem extra” ou “virgem”, entre 0,8% e 2% de acidez, que não é comercializada no Brasil.

Fonte:basilico

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário