AMORA

A amora é rica em pigmentos arroxeados conhecidos como antocianinas. Essas substâncias são capazes de livrar as células do corpo das mais variadas doenças.
A amora é uma aliada no combate aos radicais livres, o que protege a pele contra o envelhecimento precoce e ajuda a evitar doenças degenerativas, como o câncer.

A vitamina C, presente em boa quantidade nessa fruta originária da Ásia, é capaz de proteger elementos indispensáveis para o corpo, como proteínas, gorduras, carboidratos e ácidos nucleicos (RNA e DNA), de danos provocados pelos temidos radicais livres.
As antocianinas também fazem sua parte contra a oxidação do LDL, molécula que transporta colesterol para todos os órgãos. Com isso, evitam a formação de placas nos vasos sanguíneos, quadro que pode desencadear derrame e infarto.
A amora é também rica em potássio, sal mineral importante para o coração. O nutriente facilita a dilatação dos vasos e, com isso, “ajuda a controlar a pressão”, garante Suzy Yamaguchi. De lambuja, pode reduzir os efeitos negativos do sal, como a hipertensão, porque induz a eliminação do sódio pelos rins.
Além disso, o sistema cardiovascular se beneficia da pectina, outra maravilha da amora e de outros frutos roxos.
Fonte: Correio de Brasil

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário