MANIA DE COMER PIZZA AMANHECIDA

A pizza foi trazida para São Paulo pelos imigrantes Italianos, e por ser considerado um alimento: gostoso, barato e versátil ganhou a popularidade nacional.

Para a tristeza da grande maioria, a pizza foi considerada um dos 10 piores alimentos para a saúde listados por uma Nutricionista Canadense, o motivo – Ser hipercalórica e pobre em fibras – mas mediante tantas variações que o mercado oferece, a boa notícia é que sabendo escolher o melhor recheio é possível sim encontrar opções mais saudáveis da deliciosa vilã.

CONSERVAÇÃO DOS NUTRIENTES
Para os que adoram comer aquela fatia de pizza amanhecida, a boa notícia é que os nutrientes se conservam até o dia seguinte, mas infelizmente as calorias também. Na intenção de melhorar o sabor das pizzas congeladas, as indústrias utilizam gordura hidrogenada (gordura trans), que aumenta o colesterol, portanto não vale trocar o café da manhã pela pizza.

Se a intenção é combinar sabor e saúde a recomendação seria acrescentar algum vegetal à cobertura. (rúcula, escarola, brócolis, fundo de alcachofra, berinjela e tomates). Se a massa for integral de quebra torna a pizza mais nutritiva, rica em fibras, ajuda no funcionamento do intestino e com propriedades antioxidantes.

PREOCUPADOS COM A BALANÇA?
Caso queira reduzir um pouco mais das calorias, vale substituir os queijos mais gordos por versões mais light – a mussarela de búfala chega ter 10% a menos de gorduras do que a de vaca.

 TABELA DE CALORIAS
Se quiser que o deslize não faça diferença na balança, tente optar por sabores menos calóricos: Então, confira o número de calorias dos sabores mais pedidos (fatia de 120g) e delicie-se:

Atum com cebola – 205 calorias
Calabresa – 322 calorias
Escarola – 242 calorias
Frango com queijo cremoso – 302 calorias
Quatro queijos – 370 calorias (versão mais calórica)
Marguerita – 252 calorias
Mozarela – 244 calorias (versão menos calórica)
Pepperoni – 303 calorias
Portuguesa – 308 calorias
Rúcula com tomate seco – 304 calorias

Então para quem quer emagrecer as melhores alternativas são: atum, mussarela, marguerita, rúcula (sem tomate seco, melhor pedir trocá-los por tomate cereja) e escarola (esta última sem bacon e sem catupiry).

Já os sabores que devem ser evitados no café da manhã são: bacon, carne seca, strogonoff, lombo, queijo cheddar, ovo com bacon. “São opções que apresentam valor calórico elevado, além de muita gordura saturada e colesterol, presente na gordura animal”.

MELHOR OPÇÃO PÓS TREINO
Uma fatia de pizza de calabresa possui 322cal, a de quatro queijos, possui  370cal em cada pedaço. Mas elas têm um ponto positivo em comum: tanto um sabor quanto o outro são ricos em uma boa quantidade de proteínas de alto valor biológico, que são fonte de aminoácidos essenciais, que contribuem para o aumento da resistência física.

Durante as atividades de longa duração, os músculos utilizam esse composto para o fornecimento de energia. Isso não significa que você deve devorar uma pizza inteira depois do treino, ou seja, comer um pedaço de pizza de vez em quando, não tem problema.

Infelizmente não existe uma opção para antes do treino. Lembrando que para ter energia para malhar precisamos de carboidratos simples que se disponibilizam rapidamente para a execução dos exercícios (um suco de frutas por exemplo.).

Mesmo nas fatias mais magras, a gordura presente nos queijos atrasaria a entrada da energia no sangue em pelo menos quatro horas. O que impossibilita a utilização da energia vinda deste tipo de alimento.

RESSACA
A ressaca é causada pela hipoglicemia, desidratação, intoxicação por acetaldeído (produto metabólico do álcool) ou deficiência de vitamina B12. O álcool impede o corpo de manter a concentração normal de açúcar no sangue, consequentemente resulta em fraqueza, a pizza por conter carboidratos complexos (cereais, massa de pão) é considerada uma boa opção no combate dos sintomas adversos do dia seguinte ao porre.

A gordura, entretanto é considerada melhor do que o carboidrato quando se trata de diminuir a absorção de álcool do seu corpo. Para minimizar o estrago de uma comemoração sugere que antes de ir a uma festa coma alimentos com teor de gorduras, tipo um bife, salsicha, alimentos fritos ou pizza. A gordura permanece em seu corpo por pelo menos 12 horas e lubrifica as paredes de seu intestino, o que faz com que o corpo absorva o álcool mais lentamente.

Se amanhecer de ressaca a melhor opção seria comer uma pizza doce e TORRADA, o carbono na parte queimada ajuda a filtrar as impurezas, é por isso que as pessoas hospitalizadas por intoxicação por álcool recebem uma quantidade potente de carbono no estômago, digamos que é uma versão mais leve desse tipo de tratamento.

PIZZA AMANHECIDA
Se para alguns comer pizza fria da véspera é um “Cult”, imagina acompanhada por leite, chega a ser mais polêmico do que tomar a bebida acompanhado por uma manga. Alguns dizem que é bizarro, não combina, fere a tradição, outros que a combinação fermenta e faz mal e outros mitos do gênero na tentativa de justificar um costume avesso da grande maioria. De qualquer forma os sabores que combinam seriam os de queijos e embutidos.

MELHOR FORMA DE AQUECER
Se você não é adepto de comê-la fria, existe um jeito melhor de aquecer a pizza amanhecida, mantendo a massa crocante. Já que o aparelho microondas costuma deixar ela bem emborrachada. Basta colocar um pouco de azeite em uma frigideira e, em fogo médio, ir aquecendo o pedaço. Depois, é só usar uma tampa para cobrir tudo para que o recheio também esquente.

Dra Telma Waki – Rondonópolis /MT

CRN 2165/MT

http://www.dratelmawaki.com/

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 12 =